O espírito jovem da sazonalidade descontínua.

Publicado: julho 21, 2010 em Uncategorized

Nosso povo tem hábitos sazonais. As melancolias dos dias cinzas e nublados, sugestionadas pela leitura de escritores europeus, se misturam com a efervescência escaldante e transpirada dos dias de verão no Oeste do estado de São Paulo. Vivemos uma mescla dos incômodos do calor e do frio no imaginário popular interiorano.

Sou do interior e, com maior orgulho ainda, de Assis. Nossa região vive todas as estações do ano dentro de um único dia. Chuva, sol, vento, calor, frio e seco. Elementos do dia de um trabalhador que sai de casa quando está escuro e, quando volta, está mais no breu ainda. Dentro dessa multiplicidade de temperaturas, acontece o heróico cotidiano do proletariado nacional.

O projeto Descontínuo simboliza, esteticamente, esse mosaico climático que vive uma pessoa comum em sua rotina ordinária e acelerada. Cada palavra escrita e interpretada reflete as cores e as sensações de um povo. Varia desde a esfera econômica à psíquica; do relaxamento à tensão; do êxtase ao orgasmo; da tragédia à perturbação; e tudo isso com temperatura, cor, vibração e pegada.

Esse movimento que em todo momento quer afirmar a importância do faça você mesmo, está em um de seus primeiros estágios, por isso, é a hora mais crua e original que vemos diante de nossos míopes olhos. A transição da idéia para o texto, do texto para o verbo e do verbo para o ouvido, embriagada por uma música ambiente, mostra, em resumidas palavras, o valor de uma ação bem pensada. Outrora era apenas pensada, por alguns apenas agida, está aí a síntese do refletir e do agir, sem prescindir preguiçosamente um do outro.

O projeto Descontínuo é tão somente o início. Se ficarmos no tão somente, será pelo menos bem feito e carregado da temperatura alta das rubras chamas dos canaviais fronteiriços.

by Ulisses Coelho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s